sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Jogos Olímpicos de Vancouver 2010 e os Desafios das Mídias Sociais

Por Jéssica Lima

A estudante de Relações Públicas da FECAP, Jéssica Lima, trabalha na agência Pólvora na área de Planejamento e Marketing. Hoje ela inicia na equipe do A Bordo da Comunicação.


Todos nós sabemos da beleza que o Canadá tem a nos oferecer, mas como eles podem aproveitar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 em Vancouver para atrair mais turistas?
O turismo é uma das principais fontes de renda do Canadá. O país é o quinto mais visitado por turistas estrangeiros.  Mas com a chegada das Olimpíadas de Inverno surge uma nova oportunidade para eles propagarem a sua cultura pelo mundo afora de uma maneira diferente.

Segundo a Reportr.net os canadenses decidiram inovar!  Reformularam a sua mensagem para “vender” o país e assim, fazer que os turistas voltem ao Canadá.  Estamos falando de uma ação de longo prazo e não só para os turistas que estão no Canadá por causa dos os Jogos Olímpicos.
Hoje a nova mensagem é bem simples: “Não espere, venha para o Canadá agora e prepare-se para pular na aventura da sua vida.”

A inovação mudou a maneira de enxergarmos o Canadá.  A colunista do Vancouver Sun, Daphne Bramham, fez um pequeno vídeo chamado Marketing the 2010 Winter Olympics  refletindo sobre a BC (British Columbia) e as autoridades de turismo locais que estão tratando os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 como o maior anúncio da história canadense.

Uma das ações propostas pelas autoridades canadenses para divulgar essa mensagem, foi convidar alguns atletas e seus familiares para se hospedarem com uma família canadense. Eles também estão utilizando muito bem a internet e as mídias sociais, por exemplo, a Vancouver Sun selecionou 52 atletas canadenses para tuitar
durante o evento falando das suas sensações em participar dos Jogos de Inverno Vancouver 2010. Tudo isso para “vender” o espírito canadense.

Um dos aspectos mais interessantes nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 em Vancouver é o papel dos meios de comunicação social.
As mídias sociais estavam presentes nos Jogos Olímpicos de Pequim, mas esta é a primeira vez que é implantado em um regime livre e democrático. Há boas razões para esperar que a experiência olímpica seja transformada pela presença da mídia social, pois ela já mudou o processo de planejamento olímpico.

Com tanta exposição esses grandes eventos tendem a serem rigidamente controlados. A cena do acidente que levou a morte do atleta Nodar Kumaritashvili(21), levou apenas algumas horas para se espalhar, o COI até exigiu a exclusão dele do YouTube, mas não adiantou muito.

Nas palavras de Dan Gillmor, o Comitê Olímpico está tentando acomodar meios de comunicação social, mas ainda não tem profissionais preparados. Juntamente com os jornalistas profissionais em Vancouver e Whistler, haverá dezenas de independentes e jornalistas "cidadãos". Sem dúvida, muitos estarão usando blogs como uma plataforma de publicação para o jornalismo.
Um concreto exemplo é a "W2's House Media” no centro de Vancouver. Ela vai disponibilizar recursos e apoio para os jornalistas independentes e blogueiros que estão cobrindo os Jogos de Inverno. Há probabilidade de ser uma riqueza de meios provenientes de fãs capturarem a ação em seus celulares ou compartilhar suas impressões sobre blogs, Facebook ou Twitter.

O Comitê Organizador de Vancouver, VANOC, também se ramificou para o YouTube, Twitter  e Facebook, reconhecendo o papel crescente dos meios de comunicação social. Em entrevista à CBC Vancouver, o COI foi questionado sobre sua abordagem com a mídia, segundo eles blogs é uma expressão pessoal e não jornalística. Depois dessa declaração, não tenho mais dúvidas que as mídias sociais vieram para ficar, Vancouver 2010 se tornou o evento mais abrangente e com mais diálogo.

Vancouver 2010, África do Sul 2010 e Singapura 2010,  três grandes eventos que estão e vão concretizar ainda mais a força das mídias sociais.
Infelizmente, essa nova mensagem do Canadá não chegou tão forte para nós, mas também com tanto carnaval e calor alguém pensou em Olimpíadas de Inverno?
Vancouver 2010 é a ponta do iceberg, a nova mensagem do Canadá vai perpetua por um bom tempo, hoje vejo que não houve um interesse por parte do Canadá em expandir essa nova mensagem para os países “quentes”, mas logo mais com certeza seremos atingidos.

Vancouver 2010 teve muitos erros por parte da organização, mas de qualquer maneira, sediaremos dois grandes eventos nos próximos anos e algumas das ações e atitudes do Canadá devem nos servir de inspiração. 

Confira um dos vídeos da campanha:



9 comentários:

Lidiane Faria disse...

Orgulho da futura Rpéia! Gostei do W2's House Media.
Bjs e boa sorte, pessoal!
Lidi

Ocappuccino.com disse...

Os jogos estão ótimos. Eu acompanho e um dos meus favoritos é o Curling. Jogo de muita estratégia :)

MATUES

A Bordo disse...

Jé, seja bem vinda a nossa equipe, ficamos muito felizes com a sua entrada, como você pode sentir pelos emails.
Sei que tem muito a agregar para nossos leitores.
Estou adorando os jogos, comecei a acompanhar pq não queria ver o carnaval e me apaixonei.
Realmente, sobre as redes, eles estão muito rápidos, mas os internautas mais rápidos ainda, eu achei um vídeo do acidente. Com fotos, mas fizeram um videzinho.
Não é realmente da nossa cultura, no meu twitter quase não vejo comentários, mas pelo que pesquisei dos jogos os mídias e as estratégias deles estão ajudando bastante.

Parabéns pela abordagem.

abraços,
Belle
@blogabordo

Natalya Nunes disse...

Seja bem vinda à embarcação, Jessica!

As Olimpíadas de Inverno são um sucesso! Acho lindo a patinação no gelo..rs

Essa questão que vc levantou sobre utilizar as redes sociais para promover o evento é extremamente funcional, pois é inegável o poder que essas redes tem.

Beijos e parabéns pela estreia.

Jéssica disse...

Lidi, também adorei idéia da W2's House Media. Já ganhei o meu ano sabendo que você tem orgulho de mim =D Afinal você é Magnífica!!!

Matheus, o Curling é espetácular!! Pra mim ele é uma mistura de gamão com sinuca. Como você disse ele é bem esratégico, esporte digno de um RP!!

Galera do A Bordo, Muito Obrigada pela recepção Extraordináriaa!!! =D

Acredito que seja um equívoco dizer: "não é da nossa cultura". Segundo AdNews, A audiência dos Jogos de Inverno surpreendeu a Record. O Daniel Castro, colunista do portal R7, comentou algo muito bacana: "Não é porque a pessoa nunca viu neve que ela não se interessará pela patinação no gelo". Os tempos estão mudando!!! =D


Quero agradecer a toda galera que está retuitando, comentando e divulgando. Muito Obrigada!!
Bjsss, Jé

Kelly Cristine da Silva disse...

Oi Jéssica

Seja bem vinda!!!
Realmente o Canadá é um grande exemplo. O Brasil precisa começar a aprender com ela já que sediará as Olimpíadas e a Copa.

Parabéns
Bjs
kelly
@kellyfusteros

Cibele Silva disse...

Desculpa Jé, mas terei que contra argumentar.
Não é mesmo da nossa cultura, vamos com calma, não é pq a Record bateu a audiência que faz parte os jogos de inverno.
Somos o País do futebol não pq a Globo bate record de audiência, tem muita coisa além disso, isso não é 1%.

Tudo é a longo prazo, podemos aos poucos criar o hábito de ver e acompanhar durante todo o tempo, de quem sabe nos próximos ter mais mobilidade de ir viajar para os Países que terão os outros jogos de inverno, mas ainda não é de nossa cultura não...
Os tempos estão mudando... estão mudando... não mudam assim do dia para a noite.. do verão para o inverno! rs

Abraços,
Belle
@blogabordo

Jéssica disse...

Belle, quero dizer que hoje não podemos negar mais nada, a vida é feita de transformações. Não podemos dizer: "Ah! Isso não vai dar certo aqui". Nossas mentes estão muito mais abrangentes, reparamos em coisas que nem se quer sabíamos que existia.
Óbvio, que não vamos mudar do "verão para o inverno", mas acredito que há espaço para tudo, afinal vivemos no país do carnaval e tem milhões de pessoas que odeiam carnaval!!
Há um novo horizonte que se apresenta e nos mostra um leque de possibilidades que antes não cogitávamos. Nunca o snowboard será mais importante que o surf, eu quero dizer que estamos mudando a nossa percepção sobre o mundo, nossa cultura continuará intacta, mas a cada dia que passa ela está sendo aprimorada.

Beijos, Jé

Marcia Ceschini disse...

Na correria nem vim comentar o post da nossa mais nova café com leite.
A Jé, assim como a equipe A Bordo faz parte da nova geração de RPs que me dá orgulho.
Parabéns pelo artigo.
beijocas