terça-feira, 16 de março de 2010

Tudo é Marketing!

Por Jéssica Lima


Vocês já pararam pra pensar o quanto a influência de uma pessoa pode mudar o rumo das coisas? Oprah Winfrey é uma dessas pessoas. Segundo a Forbes, em 2008 ela foi considerada a celebridade mais rica e poderosa do mundo e em 2009 ocupou a 2ª posição.

Oprah é uma apresentadora que cativa há duas décadas a audiência nos Estados Unidos, com o seu carisma e inteligência. Ganhou recentemente US$ 260 milhões, à frente de seu império de produção na TV e edição de revistas, não podemos esquecer o site que é puro sucesso de visitas e mensagens.

Recentemente o filme Preciosa - Uma História de Esperança (Precious) concorreu a 6 Oscars e levou pra casa 2 estatuetas, sem contar nos inúmeros prêmios que o filme já levou.

Preciosa é completamente independente, provavelmente não teria arrecado os mais de 50 milhões de dólares, se não fosse por um detalhe: a produção executiva foi bancada pela poderosa Oprah Winfrey. Não vou tirar os méritos do filme, mas sem o apoio da Oprah ele não teria chegado chegado ao Oscar.

A atriz Mo'Nique tem talento de sobra, muitos atores têm, mas o que fez ela ganhar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante foi ao fato da atuação dela ter ganhado visibilidade, esse foi o grande diferencial. Se filme não contasse com toda a campanha da poderosa Oprah, com certeza a atuação dela passaria despercebida pela acadêmia. Mo'Nique não precisa de publicidade para mostrar o seu talento, mas o filme precisa.

A Oprah tem um público particular e fiel. Tudo que ela toca vende como água, qualquer livro que ela divulgue no seu Book Club vira um Best Seller. Quem não quer ela como madrinha?

Hoje tudo é baseado em puro marketing. No dia 20 de novembro de 2009, Oprah Winfrey anunciou e confirmou o fim do seu programa para 2011, depois de mais de vinte anos no ar! Um anúncio desses com certeza é pensado várias e várias vezes, por exemplo quais pessoas ela estaria entrevistado naquele dia? Uma dessas pessoas era simplesmente a Gabourey "Gabby" Sidibe, mas que coincidência!

Após o fim do seu programa, Oprah dedicará mais tempo ao seu canal de TV: "The Oprah Winfrey Network" e um dos principais anúncios esses dias foi a compra dos direitos de transmissão do filme... Preciosa!

Marketing não vende, ele estimula a compra! Oprah Winfrey é a pura representação do Marketing, ela não é somente a capa, como também é a revista inteira!

Coloquei este exemplo da Oprah e com Filme Preciosa, pois sou uma cinéfila, mas hoje o que vem mais crescendo no mundo do entretenimento são esses padrinhos e madrinhas. Outro grande exemplo é o pequeno Justin Bibier, que tem o apoio full time do Usher. Por isso, volto a minha pergunta inicial: Quanto vale uma indicação?

A nossa Web 2.0 é praticamente baseada em indicações, por que não explorar isso offline?

8 comentários:

Ocappuccino.com disse...

Não digo que a web é baseada em indicaçãoes, mas em reputações sim e ser linkado ou RT por um perfil com muita notoriedade ajuda mt. E off line é a mesma coisa, são redes de relacionamento que formamos.

Mt bom texto.

MATEUS

Marcia Ceschini disse...

Grande Jé,

muito bom o assunto abordado.Eu creio e tenho lido que a moeda de troca na internet é o quanto vc é referência para um grupo.
Ser indicado hoje em dia é o maior status que o profissional deve almejar. Veja o Linkedin por exemplo, há o espaço para que membros indiquem o profissional com o qual estão linkados. Há vagas no Linkedin que dão prioridade ao candidato que mais indicações tiver.
Além de ser referência, profissionais que são vistos assim, devem aproveitar a oportunidade e fazer um trabalho de coaching, com estudantes e recém formados que o procuram. Eu, modéstia parte, procuro sempre atender bem todos os que me procuram mesmo que seja a menor dúvida.
beijocas

Jéssica disse...

Olá!!! =D
Mateus e Marcia, muito obrigada pelo comentário! Fico muito Feliz em saber que vocês gostaram do texto.

Pra mim, Indicação é uma consequência de uma boa reputação, é aquele repeito que você consegiu das pessoas.
O problema do offline é que ele não se espalha tão bem como o online/twitter. Não é qualquer pessoa que faz de algo pequeno virar grande.
Por isso, no mundo offline, as vezes precisamos achar as pessoas certas, pois não são todas que são devidamente escutadas.
A ferramenta de recomendação do LinkedIn, é sensacional! As vezes a questão não é mostrar quem você é, mas sim quem você conhece, quem te indica.

Posso contar um caso particular?
Um amigo meu se formou em medicina e foi tentar fazer residência num grande hospital.
Ele chegou na entrevista e o médico perguntou: Quem indicou vocês para a vaga? Os outros podem ir embora.
O processo de seleção, era quem eles conheciam no hospital!

Uma curiosidade sobre Oscar, é que a Academia sempre escolhe as pessoas com boas reputações/indicações, você nunca verá um ator ganhar uma estatueta, se ele se tiver imagem ruim perante ao público.
Oprah não é a Oprah por acaso, o Oscar adora uma história de cinderela, e esse foi o caso de Preciosa.

Beijos, Jéssica

Amanda Meyer disse...

Jé adorei o post...
=) eu adoro a Oprah e é absurdo como ela tem o poder de influenciar.

Indicação é quase tudo né? Acredito que a internet é uma facilitadora para aumentarmos nossa rede de relacionamento, e a indicação e a reputação são consequencias do network!

Beijossssss =**

www.adoramosfeedback.blogspot.com

Jéssica disse...

Olá, Amanda!!! =D
Obrigada pelo comentário!! Eu também adorooo a Oprah!!

E galera que está tuitando, obrigada também!! =D

E vamos mantendo contato!! =D
Beijosss, Jé

Glau disse...

Eu não vi o filme, não sei se é realmente bom, mas com certeza a indicação ajuda muito! Ainda mais vindo da Oprah, que é uma apresentadora super consagrada e influente!

Parabéns pelo post, Jé! :)

Beijos!

Natalya Nunes disse...

Olá, Jéssica!

Parabéns pelo texto! :D

Assim como a Amanda, também não assisti o filme, mas, com certeza deve ser excelente, afinal, a Oprah não utilizaria de sua imagem para promovê-lo.
Ela é um ícone da comunicação..com certeza todos lembrar do Flash Mob que aconteceu ano passado em um evento com a apresentadora..teve repercussão mundial...
Oprah Winfrey está com tudo! :D

Bjs

Faculdade de Vendas disse...

Bom dia Jéssica.
Parabéns pelo artigo, muito bem escrito.

Realmente uma indicação de pessoas com influência no mercado vale muito, tanto on quanto off line.

Por isso acredito que hoje em dia, mais do que nunca, é sempre bom ter um network, conhecer pessoas de influência, as redes sociais são perfeitas para isso. Claro! Isso fica bem mais fácil se você tem um conteúdo legal para apresentar e trocar idéis.

Abraços.

Karen Griz
Assessora de Comunicação
Faculdade de Vendas