quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Especial Relações Públicas - Percepções

Por Alexandre Costa

Hoje para complementar o “Especial Relações Públicas” o professor Alexandre Costa (@alexandre_amc), das instituções Fafire e Esurp e Relações Públicas da Chesf - Companhia Hidroelétrica do São Francisco – Falará da sua visão sobre a profissão e suas perspectivas.

Relações Públicas é uma atividade completa na Comunicação. É a ciência dos relacionamentos estratégicos. Não devemos falar somente dele em um dia, não caberia, vamos levar o relacionamento e o bom andamento de ontem com o #DiadoRP, sempre. Mostrando os seguintes valores: Credibilidade, Competência, Qualidade, Habilidades, Conhecimento Técnico, Flexibilidade e Adaptabilidade, entre outros.

É uma questão de visibilidade para a profissão. Entendo que melhorar a cada dia, principalmente em função dos novos profissionais e estudantes que vêm desenvolvendo trabalhos bem interessantes na área.
Posso citar alguns: Aislan Greca (Revap – Petrobras), Gilceana Galerani - @gilceana (Embrapa), Carolina Terra - @carolterra (Blog RPalavreando), Rodrigo Cogo - @rprodrigo (Mundo RP), Pedro Souza Pinto - @baldurquino (Horizonte RP), Fábio Albuquerque - @FabioAlbukerk (Gecorp), Blog Ocappuccino.com @ocappuccino, Blog A Bordo da Comunicação @blogabordo.

Esses e outros, com certeza, hoje, são responsáveis pela grande visibilidade que as Relações Públicas estão tendo nas mídias, junto ao mercado e aos estudantes. Como já publicado aqui no A Bordo, hoje há um grande número de blogs, sites que defendem e difundem as Relações Públicas.

Vejo que o profissional de RP deve ser completo na comunicação, com maior aporte de teorias afins. As interfaces com áreas como Administração, Turismo, História, entre outros, são responsáveis por dar condições ao RP de se adaptar em diversos setores da atuação profissional.

Vejo que perspectivas do futuro para nós serão sempre boas. O pensamento positivo deve ser uma constante. Hoje, visualizo um cenário muito mais amplo e mais propício que via há alguns anos atrás. As Relações Públicas cresceram e a tendência é aumentar a participação. E, cada vez mais será presente a associação com a Comunicação Organizacional.

As organizações devem se preocupar com os relacionamentos, pois será a chave do sucesso junto aos mercados. O cliente/consumidor está, cada vez mais, interessado no que a organização pode lhe trazer além do simples produto de venda. Também, as preocupações com as questões sociais, ambientais, culturais, etc, devem estar presentes na “vida” de uma organização. Sem elas, a organização não sobreviverá.

Essa história de que as organizações não dão valor à profissão é coisa do passado. Sobre montar um negócio próprio, penso que depende do perfil do estudante/profissional. A valorização da profissão não depende de ser dono do próprio negócio ou empregado de uma organização, depende da competência e habilidade do profissional em desenvolver seus trabalhos.

Nossa profissão é ampla e tem muito que crescer e nós aqui estamos contribuindo em vários aspectos para isso. Parabenizo aos estudantes de Relações Públicas que já estão contribuindo para este crescimento.

9 comentários:

Carol Terra disse...

Parabéns pela entrevista e ao Alexandre pelo trabalho que vem desenvolvendo. Fico muito contente e honrada de ser uma das RPs que tem o trabalho acompanhado por ele. Abraços, Carol Terra (http://rpalavreando.blogspot.com)

Priscila Borges disse...

É tão motivador ler uma mensagem positiva como essa. Parabéns!
Depois de ler algumas coisas por aí (prefiro não comentar), termino o dia de hoje com esse texto bacana.
Obrigada.

Abraço.
(http://triborp.blogspot.com)

Ocappuccino.com disse...

Muito legal o texto do Alexandre. Acompanho sempre atentamente o @alexandre_amc no twitter. Fico muito feliz pela lembrança e referência do Ocappuccino como um destes atores responsáveis pela valorização da profissão no mundo digital pelo menos.

Já comentei em outros blogs, Ocappuccino tem pouco mais de 1 ano e meio e lembro bem que ano passado não houve nada parecido com o que aconteceu no #diadorp.

Fico feliz de fazer parte de tudo isso. Podemos não nos dar conta, mas nós simbolizamos as Relaçoes Públicas na web. Nós discutimos, nós produzimos, nós discordaamos, nós pesquisamos, nós estudamos e tudo isso fortalece nossa profissão.

MATEUS

cleonice disse...

Parabéns!!
Seu texto é motivador, nos faz refletir.
Sou recém forma e ainda não atuo, mas, estou sempre presente me atualizando e divulgando a profissão, que conheci quando resolve voltar a estudar depois de muito tempo parada,me apaixonei.
Ao ler seu texto sei que escolhi o curso certo.
Obrigada.

@Cleorp

Promove's disse...

Nossa essa entrevista ficou realmente motivadora, estou indo pro 7º semestre e sei que ainda tenho muito o que aprender e contribuir com a profissão. E que como disse no meu blog (Promove's) que o #DiadoRP continui nos próximos anos, mas que não fique esquecido o resto do ano.

Ju M. Olinto
Equipe Promove's

Alexandre disse...

Obrigado a todos!
A ideia era realmente essa: fazer com que as pessoas refletissem um pouco sobre essas várias discussões que exitem em torno da profissão.
Sei que deixei de citar vários nomes, mas isso sempre acontece quando resolvemos nominar os exemplos.
Boa sorte a todos que, direta ou indiretamente, contribuem para o presente e futuro das RP's.

Líviarbítrio. disse...

Estou muito feliz pelo sucesso do A Bordo e por fazer parte dessa equipe nota 10!

Vim todos os dias aqui para acompanhar os posts e agora pude fazer meus comentários. Mas o que dizer para vocês: muito sucesso e desenvolvimento para cada um!

Hoje consigo enxergar a dimensão e a importância do RP em uma organização, e mais, como profissional de marketing saber respeitar todos os outros profissionais de comunicação.

Grande abraço,
Lívia Brito.

Cibele Silva disse...

Agradeço ao professor Alexandre por sempre acompanhar o A Bordo e sempre desde que fomos 'apresentados' sempre está disposto a nos ajudar. E agora aceitou a escrever este texto para o blog.

Agradeço tbm todos os comentários e o carinho que sinto de todos vocês, fico feliz que possamos ajudar em algo para o melhor entendimento da nossa profissão.

Lívia, tbm me orgulho de vc na equipe do A Bordo. É a prova todos os segmentos da comunicação devem andar juntos.

Abraços,
Belle

Valéria Mendonça disse...

Prof. Alexandre, parabéns pelas idéias apresentadas em sua entrevista. Somo as minhas opiniões as suas no que diz respeito à condição estratégica do Relações Públicas, não somente pelo fazer mas pelo refletir que lhe é peculiar, quanto às conjecturas possíveis e impossíveis no campo da comunicação seja ela pública ou privada.
Profa. Dra. Valéria Mendonça - UnB