quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Eu e você, você e eu, juntinhos!

Por Maira Manesco


Hoje teremos uma participação especial - Maira Manesco - ela é estudante de
Relações Públicas da Universidade de São Paulo e estagiária Souza Franco
Comunicação.




Como já sabemos o Relações Públicas faz o intermédio da organização com os seus públicos, para que se possa assim ter uma boa convivência.

No post de hoje, veremos os principais Programas de Relações Públicas usados para estreitar o relacionamento das organizações com seus públicos estratégicos, trazendo eles para perto de si, construindo confiança e adquirindo credibilidade.

De acordo com Juan Bordenave e Horácio Carvalho, citados por Margarida Kunsh no livro Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada, os programas são instrumentos do processo de planejamento que procuram a melhor alocação de recursos, no tempo e no espaço, para um conjunto homogêneo de metas estabelecidas. Ou seja, o programa é realizado de acordo com o perfil do público e os ideais da organização.

Alguns dos programas de Relações Públicas são:

· Campanha de Comunicação Interna: direcionado aos colaboradores e seus familiares, tem o intuito de informar, motivar, integrar e envolver o público interno com a organização. Para que isso ocorra utilizamos as publicações internas (newsletter, jornal mural, boletim), intranet, vídeos, concursos, exposições.

· Relacionamento com a Comunidade: podem ser de caráter filantrópico, como caridade, política de portas abertas, reuniões com líderes de comunidade, campanhas de conscientização; ou podem ser de responsabilidade social, como parceria com ONGs, ações a longo prazo de interesse da sociedade, utilização de selos (Abrinq).

· Relacionamento com a Imprensa: direcionado aos jornalistas a fim de gerar mídia espontânea, conseguindo visibilidade a marca corporativa. Para atrair a atenção dos jornalistas é preciso caprichar nos releases e nos press-kits (eventos, coletivas, mídia training), além de procurar manter um trabalho contínuo de Assessoria de Imprensa.

· Relacionamento com o cliente: busca informar o consumidor sobre a organização, despertar seu interesse para o que a empresa pode fazer por ele e obter apoio do cliente em épocas de crise em relação aos produtos e serviços, para isso utilizamos ações, como programa de visitas, eventos, concursos, informativos, além de bons canais para ouvir críticas e sugestões.

No caso da Campanha de Comunicação Interna o RP tem que tomar cuidado para que não seja confundido com Endomarketing, já que esse serve para melhorar o atendimento ao cliente. E no Relacionamento com o cliente ter cautela para não transformar em Merchandising.

São inúmeras as ações dentro de cada Programa de Relações Públicas, vai de cada profissional fazer o mapeamento estratégico dos públicos, localizar qual precisa ser trabalhado, e utilizar da sua imaginação e criatividade para criá-los e colocá-los em prática.

2 comentários:

A Bordo disse...

Maíra, primeira agradeço sua participação no A Bordo.
Realmente a parte de planejamento é muito importante para nossa profissão. Vc abordou temas que são poucos explorados. Sempre que pensam em RP, pensam em eventos.
Temos que remediar e divulgar nossa amplitude para trabalhar.

Abraços,
Belle

Kelly Cristine da Silva disse...

olá
Parabéns Maira pelo ótimo post.
Fiquei muito feliz de ti ver no A Bordo

Realmente o planejamento estratégico é fundamental na hora de conquistar a confiança dos públicos.
Temos que trabalha-lo para cada público especificamente levando em consideração suas características.

Bjs e sinta-se sempre abordo.