segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O que é e a importância de um Networking


É uma condição de troca de favores em que você ajuda alguém já esperando o dia em que poderá pedir a retribuição da "gentileza".

Contatos com pessoas bem sucedidas em empresas, pensando sua minha carreira, mas sem parecer que quero tomar proveito, é a chamada rede nacional de relacionamento, é o termo que pode ser definido como networking é uma influência positiva em sua carreira.

E porque pessoas bens sucedidas não dão um “chega para lá” nas pessoas que se aproximam procurando o networking? Porque ai que chega a troca de favores, o profissional acredita que você pode ser um bom profissional e um dia retribuir a “gentileza”. Uma futura fonte de favores - isso é networking.

A maneira mais eficiente de entrar em uma empresa é através da indicação de quem já trabalha nela. Com tantas candidatos e poucas vagas o networking é tão importante quando obter um bom diploma – diplomas levam centenas de pessoas para uma entrevistas, mas somente poucas pessoas conhecem os que têm a chave delas - a rede de contatos só pode ser bem usada se for bem entendida.

Networking não significa conhecer alguém e já pedir um favor, networking é igual plantar uma árvore, deve cuidar bem dela e aguardar a chegada dos frutos.

Em um podcast Max Gehringer diz que “Você pode tem e terá muitos amigos na vida pessoal, a diferença do networking é que o amigo nos ajuda sem que pedimos ou esperando uma troca do favor, no caso no networking quem pede fica devendo..."

Dicas de Max Gehringer de como se constrói um bom networking.

1. Evitando o caminho mais difícil. É mais simples começar por pessoas conhecidas, como os colegas de escola. A maioria desconhece o paradeiro de 95% de seus ex-colegas. Alguns deles podem ter progredido na carreira.

2. Frequentando ambientes públicos onde pessoas com bom trânsito nas empresas (isto é, as que já têm um bom networking) costumam dar as caras, como seminários, feiras e eventos. Nesses locais, o assunto principal é sempre menos importante que o coffee break. Sentar ao lado de um headhunter num simpósio qualquer já é um passo enorme.

3. Não cometendo o mais comum dos erros, o de pedir algo já no primeiro contato. Coisas do tipo: "Dona Olga, eu sou amigo do Freitas, que trabalhou com a senhora há 15 anos. Olha, estou precisando de um favorzinho seu..."

4. Tendo paciência. Estruturar um networking é como construir uma casa: primeiro, os alicerces. E o momento ideal para começar é quando não se está desabrigado.

“...embora muita gente imagine ao contrário, contruir um networking de cinquenta pessoas é bem mais fácil do que encontrar um único amigo” finaliza Max Gehringer.

Postado por Cibele Cristina da Silva

6 comentários:

ser.RP... disse...

Olá pessoal. Obrigado pela visita no Ser.RP. Colocarei o link de vocês lá. Parabéns pelo blog e vamos divulgar cada vez mais a nossa profissão. Atenciosamente, Juliano Melo.

Fabio Procópio disse...

Gostei dessa afirmação dele, nunca tinha visto antes... Realmente, não só para o profissional de RP mas para todas as outras profissões - não somente ter, mas saber fazer e manter o networking é de suma importância para a carreira e projetos.

Abraços
Fabio Procópio

Ocappuccino disse...

O networking de hoje é o famoso qi de ontem... e isso é tudo, nao apenas em RP ou comunicação, em qq área é preciso e este bom relacionamento abre muitas portas, o desafio é como nós, jovens começamos a trabalhar esta rede de relacionamento... com certeza é aos poucos, pois não é hoje que iremos conhecer as pessoas mais importantes na nossa carreira... e o blog, as redes sociais, é um ótimo início.

beijo belle

mateus d'ocappuccino

One Voice disse...

O networking está cada vez mais presente, hoje pode ajudar pessoas a conseguir um emprego ou até ter um contato para iniciar um projeto.
Mas não é fácil conseguir e manter o networking em plena atividade. Como disse a Cibele no post é preciso cultivo e paciência.

Abraços,
Aline Derenzi

A Bordo disse...

Obrigada Juliano.

É isso mesmo meninos temos que saber fazer e manter.

Lih, eu concordo com o Max Gehringer é mais fácil fazer networking do que amigos. Lógico cultimo e paciência faz parte do negócio, mas acredito qe não seja difícil, levando em consideração que há o termo "troca de favores".

Abraços,
Belle (A Bordo)

Studio Abstrato disse...

É isso ai gostei muito desse post e acredito que sem network é impossível iniciar qualquer negócio mas acredito tambem que dentro dos contatods é sempre necessário um bom filtro para ver qual contato realmente será util para os seus negócios.