quarta-feira, 7 de outubro de 2009

A conquista do espaço - Petrobrás

Por Cibele Silva



Estou pesquisando sobre comunicação interna e arquivando vários artigos sobre o assunto, procurei artigos no sistema da faculdade e achei um case da Petrobrás que me chamou a atenção, pois na sexta-feira minha professora de Planejamento Estratégico estava falando o quando é difícil os gestores aceitarem um plano de comunicação interna, para eles é simples é só “mandar” o funcionário fazer e acabou.


O intuito da Petrobrás com o case - A conquista do espaço – foi de gerar um ambiente organizacional favorável à motivação das pessoas, levando-as a contribuírem e se comprometerem com a excelência do desempenho dos resultados organizacionais e o deslocamento da região. O que é totalmente contrário do que os gestores costumam pensar. O case foi um sucesso e a preocupação da Petrobrás com a certificação e adaptação dos funcionários foi positiva. É um case muito simples, mas a valorização no aspecto humano me chama atenção.

A apreensão da Petrobrás no início era provocar transtornos em relação às diversas mudanças estratégicas na organização relativa à idéia, pois a mudança ocorreria não somente no âmbito físico, mas também na esfera comportamental.
Primeiramente foi realizado um trabalho para conscientizar os funcionários da importância da integração de todos nos escritórios de forma dirigida, para as equipes facilitarem a organização e a logística dos processos internos.
Após essa conscientização o processo foi dividido em cinco etapas:

- Pesquisa (1): Avaliação a predisposições à mudança de rotina imposta pela nova dinâmica de ocupação dos espaços físicos.
- Exposição (2) e Visitação (3): Oportunidade à força de trabalho de conhecer e experimentar o novo espaço e suas vantagens.
- Preparação para mudança (4): Suporte ao processo de descarte de materiais pela força de trabalho, ações operacionais que visaram gerar informações e motivações.
- Ocupação / Ambientação (5): Receber e possibilitar a rápida instalação das equipes no novo endereço, como também favorecer sua ambientação.

Após as etapas cumpridas verificaram que seria necessário a implantação de um clube de cenefícios, houve seleção de lojas e serviços com os quais a Petrobrás formou uma parceria para garantir descontos e vantagens aos funcionários. Além disso, foram organizados o transporte e os serviços para valorizar a preocupação da companhia com a rápida adaptação de sua força de trabalho aos novos ambientes.

Assim ‘A Conquista do Espaço’ foi uma símbolo escolhido para propagar os conceitos necessários ao processo para ser um bom exemplo do trabalho em equipe bem-sucedido e dos deslicamentos humanos bem planejados.

4 comentários:

Ocappuccino disse...

Que legal este case. É sempre bom relatos de ações práticas, principalmente nós que somos estudantes para poder fundamentar nossas ações, quando formos gestores da comunicação das empresas (hehehehe).

MATEUS

Fabio Procópio disse...

Não sei porque, mas sempre tive aversão aos famosos "cases de sucesso" pelo fato de passar a idéia de que não houve trabalho árduo e cabeças pensantes em seu processo de planejamento.. Mas esse realmente é bem legal, pé no chão eu diria....

Abraços

Líviarbítrio. disse...

Os cases são ótimos para quem está começando, sejam eles de empresas conhecidas ou não.

E esse da Petrobrás é muito significativo, poucas empresas têm essa visão de "ambientar" os colaboradores durante as mudanças. Nada melhor para o funcionário do que participar ativamente do processo.

Beijo.

A Bordo disse...

Tenho a mesmo opinião que você Fábio e sei perfeitamente o motivo. Gostei deste case, pois além de mostrar o trabalho realizado e não somente os resultados, ele mostra o quão se pode deixar os funcionários satisfeitos sendo simples e dando valor ao que eles pensam.

abraços,
Cibele
(A Bordo)